PDF Imprimir E-mail

FUTURO

Escrito por Administrator
Ter, 22 de Fevereiro de 2011 10:27

FUTURO: Reforçar a idéia de que as tartarugas valem mais vivas do que mortas.

O Projeto Tartarugas da Amazônia, pretende nos próximos anos, através de estudos científicos, fazer novas descobertas que possam subsidiar várias outras pesquisas sobre os quelônios, paralelo à diversas atividades de educação ambiental que possam conscientizar as comunidades da importância deste animal vivo na natureza.

Pesquisa:

Vários estudos já foram realizados e continuam sendo praticados em busca de novas descobertas com as tartarugas da amazônia.

Uma das mais recentes descobertas retrata a migração das tartarugas-da-amazônia usando satélites transmissores. Outro estudo de grande impacto, demonstra que muitas espécies de tartarugas têm o sexo determinado pela temperatura (onde temparaturas mais altas gerão fêmeas e temperaturas mais baixas gerão machos). A mais recente de todas as descobertas está na comunicação subaquática através dos sons desses animais.

Conservação:

Com a missão de conservar principalmente cinco espécies de tartarugas da amazônia que hoje estão ameaçadas devido ao alto interesse comercial da espécie ( tartarugas-da-amazônia, iaçá, irapuca, cabeçudo e o tracajá) o Projeto Tartarugas da Amazônia aborda a “Conservação” como uma questão biológica que também depende de componentes sociais, culturais e econômicos, o Projeto pretende cumprir sua missão, principalmente criando mecanismos para o envolvimento comunitário, através da educação ambiental e da geração de alternativas de renda, para que haja um manejo participativo de toda comunidade envolvida.

A conservação das tartarugas da amazônia já começa a despertar uma nova consciência, de que os quelônios podem gerar benefícios a todos os que com eles contribuem, sejam membros das comunidades ribeirinhas e quilombolas, da comunidade científica ou da sociedade em geral, reforçando o idéia de que as tartarugas valem mais vivas do que mortas.

Com o desenvolvimento sistemático de incentivo e capacitação de outras alternativas econômicas para estas comunidades, como a criação de grupos organizados para desenvolver artesanato e outras atividades afins, o Projeto Tartarugas da Amazônia surge para demonstrar que a conservação das tartarugas traz mais benefícios à comunidade do que a caça e a coleta dos ovos.

O Brasil tem se destacado em meio à comunidade científica como um programa bem-sucedido e tem inspirado a replicação de muitas das suas estratégias de manejo, pesquisa e envolvimento comunitário no mundo.

A sociedade é outro parceiro fundamental do programa de conservação das tartarugas da amazônia. Por isso, pedimos o apoio de todos para nos ajudar no desenvolvimento deste projeto, e que no futuro, possa surgir um mundo mais justo, onde o desenvolvimento humano e o respeito a todas as formas de vida possam ser complementares.

Última atualização em Sex, 08 de Abril de 2011 08:39
 

Adicionar comentário

Deixe seu comentário sobre esta notícia.


Código de segurança
Atualizar